A história dos Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos tiveram início na Grécia, a intenção era promover a amizade e integração entre os povos. Para isso os gregos inventaram jogos onde vários povos diferentes participariam de uma competição. O tratado foi formalizado por Licurgo (rei de Esparta), Ífitos (rei da Élida) e Clístenes (rei da Pissa) no templo de Hera.

Os jogos seriam realizados no mês de julho ou de agosto, de quatro em quatro anos, segundo o tratado. O prêmio seria uma folha de palmeira e uma coroa feita com ramos de uma oliveira que nascia perto do altar de Zeus. Os jogos aconteceriam no Monte Kronion, em Olímpia, e teriam duração de cinco dias, que seriam de trégua sagrada.

jogos olimpicos

Os Jogos Olímpicos foram criados para promover a amizade entre os povos

Somente cidadãos livres, ou seja, que nunca cometeram nenhum crime, poderiam participar dos jogos. Os atletas competiam nus. As mulheres não competiam junto com os homens, ela participavam de competições em homenagem à deusa Hera (irmã e esposa de Zeus). Seus cabelos ficavam soltos e elas usavam túnicas curtas.

O estádio de Olímpia media 200 metros em forma de “U” e tinha capacidade para  45 mil pessoas. A corrida foi a única modalidade esportiva até a décima terceira edição, porém, no século V antes de Cristo já eram dez as modalidades esportivas disputadas: corrida, salto em distância, lançamento de dardo, pentatlo, arremesso de disco, pancrácio, boxe, luta, corrida de bigas e corrida de cavalo.

Infelizmente, os atletas começaram a se interessar por presentes mais valiosos ao vencer os jogos e jogavam pela cidade que oferecesse os melhores prêmios. Isto era contra os princípios morais e éticos dos gregos.

Quando o imperador romano Theodosius se converteu ao cristianismo, decidiu combater a adoração aos deuses, proibindo a realização dos Jogos Olímpicos. Isto aconteceu no ano de 394 a.C., depois de 293 competições olímpicas, que tiveram início no ano de  776 a.C. O espírito amistoso dos Jogos Olímpicos acabou com as invasões romanas, se tornando então verdadeiros combates, com muitos mercenários transferindo seus passes ao final de cada temporada.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *