Alimentos Transgênicos

Os alimentos transgênicos são alimentos geneticamente modificados, ou seja, criados em laboratório a partir de um pedaço do código genético (gene) de diferentes espécies de animais, vegetais ou microrganismos.

Esses alimentos são manipulados pela Engenharia Genética, que é a Ciência responsável por retirar o código genético da célula viva e manipulá-lo fora dela, modificando sua estrutura.

A Biotecnologia e a Biossegurança surgiram a partir do avanço no desenvolvimento das técnicas de obtenção dos transgênicos. A utilização de material biológico para fins industriais é possível graças à Biotecnologia e a Biossegurança controla e diminui os possíveis riscos que as novas experiências feitas em laboratório ou levadas para o meio ambiente podem trazer.

Para que servem os Alimentos Transgênicos

Transgênicos

Símbolo dos Transgênicos, presente nas embalagens de qualquer alimento modificado

Os alimentos são geneticamente modificados para vários fins, com intenção de melhorar e facilitar a vida dos seres humanos. Há alimentos que têm modificações na quantidade de proteínas, ferro, cálcio, etc., que são usados para fins terapêuticos, plantas que crescem e se desenvolvem mais rápido, aumentando assim a sua produção, além de alimentos com mais resistência e durabilidade na estocagem e armazenamento.

Essa técnica foi descoberta no final da década de 70, e desde então, vários tipos de transgênicos já foram produzidos. Já foram criados  porcos com menos gordura na carne, feijão com mais proteína nos grãos, soja resistente a herbicidas e vários outros.

Essa modificação genética já foi usada para produção de medicamentos também. Na Escócia, foram criados carneiros em que o leite gera uma droga que estimula a coagulação do sangue. Chamada de Fator IX, ela deverá ser empregada no combate à hemofilia.

Além da área alimentícia, plantas já foram modificadas para fins industriais, é o caso do algodão colorido, criado nos Estado Unidos, em 1999.

Alguns pontos negativos dos Transgênicos

Apesar de tantos benefícios, fala-se que os transgênicos podem ser prejudiciais em alguns pontos. Pessoas podem desenvolver alergias a esses alimentos, as plantas não modificadas podem ser destruídas pela seleção natural, já que as transgênicas são mais resistentes, e elas ainda podem desenvolver uma maior resistência a herbicidas, aumentando o uso destes produtos.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *