Corrosão

Quando expostos ao ar, ou deixados sobre a terra por muito tempo, quase todos os metais são gradativamente corroídos por substâncias como o oxigênio e os ácidos. A oxidação do ferro e do aço é uma das formas mais comuns de corrosão. Um pedaço de ferro deixado na chuva fica coberto por uma camada de ferrugem. Depois, essa camada se destaca expondo novamente a superfície do metal. Logo surge uma nova camada de ferrugem e, assim, ele vai ficando todo corroído.

pregos enferrujados

Pregos enferrujados

A oxidação é causada pelo oxigênio do ar, que ataca os metais quando expostos à umidade, formando-se um óxido. Em alguns metais, como o níquel e o cromo, por exemplo, a camada de óxido não se desfaz, mas forma uma película que protege o metal contra outros ataques. Por isso, o cromo e o níquel são muito utilizados para revestir outros metais, como o ferro.

Outra forma de corrosão é o enegrecimento da prata. Resulta da reação do sulfeto de hidrogênio do ar com a prata, formando uma camada de sulfeto de prata. Processo semelhante ocorre com o cobre que, sob a ação do gás carbônico, recobre-se de azinhavre.

Métodos de Evitar a Corrosão

A melhor maneira de evitar esse tipo de destruição em estruturas metálicas é usar ligas metálicas que não se corroem, como o aço inoxidável. Essa liga é, porém, muito cara para ser empregada em grandes estruturas. Fica mais barato utilizar aço comum e revesti-lo com uma camada de estanho, cromo, níquel ou zinco.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *