O Sudeste Brasileiro

A região Sudeste é constituída pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minhas Gerais e Espírito Santo, e perfaz apenas 11% do território nacional. É a mais desenvolvida e rica do Brasil e o principal centro político, econômico e cultural. O novo Sudeste brasileiro resultou da reformulação na divisão político-administrativa realizada em 1970, com base em normas do Conselho Nacional de Geografia.

Pouco explorado inicialmente pela colonização portuguesa, o Sudeste começou a despontar com a descoberta do ouro em Minas Gerais, em fins do século XVII, e a transferência do governo colonial para o Rio de Janeiro, no século seguinte. O desenvolvimento de forma contínua da região, porém, só teve início em meados do século XIX, quando o café de Minas e do Rio ganhou os mercados internacionais. Ainda no século XIX, a lavoura cafeeira foi transferindo-se para São Paulo, através do vale do Paraíba.

A Industrialização no Sudeste

sudeste

Região Sudeste

A abolição da escravatura, a entrada maciça de emigrantes europeus, a situação praticamente monopolista do café no mercado internacional e a expansão do consumo interno foram as condições que tornaram possível a industrialização, setor econômico que transformaria a região na área mais desenvolvida e rica do país. Os estados que mais se beneficiaram nesse período foram o Rio de Janeiro, capital política e econômica, e São Paulo, pelos lucros obtidos com o café.

Embora haja disparidades no crescimento da região (o Espírito Santo, por exemplo, tem um índice de industrialização superior apenas ao do Maranhão, Piauí e Pará), o Sudeste brasileiro é responsável por 75% da produção industrial do país; quase toda a produção siderúrgica (94,4%); toda a indústria automobilística, petroquímica e naval; e 50% da produção agrícola nacional. O Sudeste brasileiro conta ainda com a maior infra-estrutura de transportes rodoviários, ferroviários, navais e aéreos do país.

Na plataforma continental da região de Campos, no estado do Rio de Janeiro, têm sido descobertas, desde fim de 1974, reservas petrolíferas que os técnicos consideram extremamente promissoras.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *