Momento de uma Força

O efeito produzido por uma força depende da sua direção, do seu sentido e do ponto em que ela é exercida. Assim, se o corpo estiver preso a um ponto ou eixo, ele irá adquirir um movimento de rotação sob a ação de uma força cuja linha de aplicação não passe pelo eixo. O corpo girará com maior ou menor facilidade de acordo com o braço de alavanca da força, ou seja, a distância da linha de aplicação da força ao eixo.

É mais fácil abrir uma porta empurrando-a num ponto bem afastado das dobradiças do que próximo a estas. Para que se consiga um mesmo efeito com duas forças diferentes é necessário que os seus braços de alavanca compensem essa diferença. É preciso que o produto de uma força pelo seu braço de alavanca (momento dessa força) seja igual ao produto da outra força por seu respectivo braço de alavanca.

O Exemplo das Gangorras

gangorra

As gangorras exemplificam bem o momento de uma força

Com as gangorras ocorre algo parecido. Há um desequilíbrio quando duas pessoas de pesos diferentes se sentam a distâncias iguais do eixo. O equilíbrio só existirá quando os momentos do peso das pessoas forem iguais. Assim, a pessoa mais pesada aproxima-se do eixo, de forma a fazer com que o produto de seu peso pela sua distância ao eixo seja igual ao produto do peso da mais leve pela distância maior que a separa do eixo.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *