Redação do Enem – Proposta de Intervenção ao Tema

Como já vimos anteriormente, a correção da redação do Enem é dividida em cinco competências. Dessas competências, a que mais vem derrubando os alunos é a Proposta de Intervenção do Tema, que tem uma média de aproveitamento de 82,30 pontos no país. Esta média está bem abaixo das médias das outras competências, a diferença chega a 35%, o que preocupa os examinadores da redação. E como a competência representa um quinto da redação, leva para baixo a média geral dos candidatos.

Em 2011, por exemplo, os examinadores consideraram que somente 37,4% dos alunos conseguiram elaborar uma proposta de intervenção ao tema, mesmo assim, de forma precária. Alguns alunos elaboram uma proposta tangencial à que foi proposta no tema. Desses alunos, somente 5,5% conseguem elaborar a proposta de forma clara e correta, tirando nota máxima na competência.

enem

Proposta de Intervenção ao Tema gera polêmica na redação do Enem

Muitos alunos reclamam do modelo de avaliação, já que não conseguem enxergar o que realmente é esperado pelos avaliadores. O estudante paulista André Luis dos Santos Valente, de 17 anos, que fez a prova do Enem em 2012, diz que só não tirou nota máxima na redação, por causa da competência  “Proposta de Intervenção do Tema”. “Não sei bem como eles avaliam, mas é difícil exigir que nós estudantes tenhamos uma intervenção que nem os governos conseguiram.” Diz o estudante.

As opiniões divergem entre os profissionais. Há quem ache a forma de correção inadequada e há professores que acreditam que os alunos só precisam de treino para conseguir elaborar corretamente uma proposta de intervenção ao tema.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *