Camada de Ozônio

O que é a camada de ozônio?

É uma camada que reveste a Terra, protegendo de várias radiações, inclusive dos raios ultravioleta emitidos pelo Sol. Ela é fina, formada pelo gás ozônio (O3). A camada de ozônio se encontra entre 25 e 30 km acima da superfície terrestre. Na atmosfera terrestre, o ozônio se torna um aliado à poluição e pode causar a chuva ácida.

A destruição da camada de ozônio

camada de ozonio

Esquema mostrando como funciona a proteção da camada de ozônio

O maior causador da destruição da camada de ozônio são os CFCs (clorofluorcarbonetos), que quebram as moléculas de ozônio. Suas moléculas chegam a estratosfera e são expostas a uma grande quantidade de raios ultravioleta. Com esta exposição ocorre o desprendimento do átomo de Cloro, que rompe o O3, formando ClO e O2. Depois o cloro se desprende do oxigênio e passa a destruir o ozônio.

Os CFCs são usados como solventes, propelente (gás usado em sprays), expansor de plásticos, e como refrigerante em freezers, aparelhos de ar condicionado e geladeiras.

Esses gases são inofensivos enquanto estão na Terra, o problema é quando eles atingem a estratosfera. E a chuva não é capaz de detê-los, pois são muito estáveis, são capazes de atravessar a atmosfera e chagar à estratosfera intactos, onde começam a destruir as moléculas de ozônio.

As consequências dessa destruição

Com a perda da proteção oferecida pela camada de ozônio, pode aumentar o número de pessoas com câncer de pele, que é uma doença causada pela exposição aos raios ultravioletas. Outra consequência é o derretimento das geleiras polares, devido ao aumento da temperatura na Terra. Esse degelo aumentaria o nível de água nos oceanos, podendo acabar com várias cidades litorâneas.

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *