Estatística – Introdução

A Estatística é o ramo do conhecimento científico que procura expor as características dos fenômenos, servindo-se de métodos matemáticos, inferindo deles as leis a que tais fenômenos obedecem.

Tome-se o exemplo da população de um país. Inicialmente, é feito um recenseamento, isto é, são recolhidos todos os dados referentes ao objeto: população residente total, por sexo, por idade, por região, população ativa, etc. Esses números são transformados em gráficos e tabelas, aos quais são aplicados métodos estatísticos, ou seja, métodos adequados para interpretar os dados quantitativos recolhidos, no caso, pelos órgãos recenseadores. O resultado serve não só para a comparação entre o passado e o presente, como também para reconhecer as tendências que se “projetam” no futuro. Pode-se dessa maneira interferir no processo.

Outras Aplicações da Estatística

estatistica

Gráficos e tabelas são muito usados na Estatística

Essa é, contudo, apenas uma das aplicações da estatística. De modo geral, pode-se utilizá-la com dados numéricos que ocorrem no campo de todas as ciências. Veja algumas Noções Básicas de Estatística e as Divisões da Matemática.

Costuma-se dividir a estatística em: geral (ou metodológica) e aplicada. A estatística geral visa a elaborar métodos gerais aplicáveis a todas as fases do estudo dos fenômenos sociais, desde a coleta dos dados até a apresentação e a interpretação dos resultados. Estatística aplicada é todo ramo da ciência que proceda principalmente por métodos estatísticos e compreenda a demografia, a biometria, a econometria, a sociometria, etc.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *