Aritmética

O primeiro ramo da Matemática com que as pessoas entram em contato é aquele que trata dos números naturais (isto é, os números 0, 1, 2, 3… etc.) e das operações que se podem fazer com eles. O uso da aritmética é obrigatório nas ações mais simples e comuns, pois sem saber fazer contas não se poderia sequer pagar o ônibus ou comprar uma dúzia de ovos.

A aritmética que se aprende nos primeiros anos da escola trata principalmente das diversas tabuadas (adição, multiplicação, etc.) e da manipulação dos números, tendo em vista não só a utilidade dessas noções como também a preparação do aluno para o contato com outros campos da Matemática. E, a menos que ele se torne um matemático profissional, nunca mais estudará aritmética. Contudo, a simplicidade dos números naturais é apenas aparente, a aritmética é o ramo da Matemática que mais contém perguntas ainda sem respostas. Seus problemas têm desafiado alguns dos maiores gênios matemáticos.

aritmetica

A aritmética é ensinada nos primeiros anos escolares

Os Números Primos

Tome-se, por exemplo, o caso dos números primos (números que só são divisíveis por 1 e por si próprios, como 7, 11 ou 17). Não é difícil demonstrar que sua quantidade é infinita. Essa é, entretanto, uma das poucas informações importantes que se conhece sobre eles. Uma pergunta natural é, por exemplo, se existe alguma maneira de, dado um número qualquer, decidir se ele é primo (sem que seja necessário tentar dividi-lo por todos os números menores do que sua raiz quadrada). Não se sabe também se há uma fórmula que forneça todos os primos. Na verdade, em relação a qualquer pergunta que envolva números primos há uma probabilidade de que não se conheça a resposta. Os números primos têm, por outro lado, propriedades que parecem enigmáticas.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *