Dom Casmurro – Machado de Assis

Dom Casmurro é um romance escrito por Machado de Assis em 1899. É um dos livros pedidos pela UFMG para quem vai prestar vestibular em 2012. Vamos ver um resumo desta obra.

Dom Casmurro

O romance tem como personagem principal Bento Santiago, órfão de pai, que vivia com a mãe, D. Glória, seu tio Cosme que havia enviuvado, sua prima Justina também viúva e um agregado, José Dias. Dona Glória, tendo perdido o primeiro filho, prometeu a Deus que se tivesse um filho vivo, ele iria para o seminário e se tornaria padre. Bento nasceu e quando completou quinze anos sua mãe lhe falou da promessa.

Bento falou da promessa com Capitu, uma amiga de infância. Amizade que estava virando amor. Eles pensavam em uma forma de fugir dessa promessa. E esse amor aumentava cada dia mais, até que um dia se beijaram e juraram juntos que um dia se casariam.

Chegou o dia, e Bento foi para o seminário. Lá fez um grande amigo, Escobar. Mas a pedido de Capitu, Bento não lhe contou sobre a promessa. Aos finais de semana Bento ia para casa ver a família e Capitu.

Dom Casmurro

Dom Casmurro

Capitu e D. Glória estavam mais próximas, o que alegrava Bento. Escobar passou a frequentar sua casa, se tornando também amigo de Capitu. Bento contou seu segredo a Escobar, que também lhe confidenciou que não queria ser padre, queria ser comerciante.

A mãe de Bento não queria mais que o filho se tornasse padre. Para se livrar da promessa, D. Glória adotou um órfão e o mandou para o seminário, trazendo Bento de volta. Aos vinte e dois anos Bento se formou em direito e se casou com Capitu.

Escobar se casou com Sancha, uma grande amiga de Capitu e os dois casais sempre se encontravam. Escobar foi pai de uma menina logo depois do casamento. Bento demorou a ser pai, mas um dia veio seu filho único, Ezequiel. O menino gostava de imitar as pessoas. Quando Escobar morreu Bento notou que Capitu tinha um sentimento diferente.

Ezequiel ia crescendo e se parecendo cada vez mais com Escobar. Bento desconfiava que havia sido traído e essa desconfiança estava acabando com a família, pois ele ficava cada vez mais recluso e afastado. Atordoado, Bento decidiu se suicidar, mas desistiu. Foram então para a Europa. Bento voltou, deixando para trás Ezequiel e Capitu.

Só se falavam por cartas curtas e secas. Quando Ezequiel voltou, deixou a mãe morta na Europa. Era o mesmo que ver Escobar. Mesmo indignado com a traição, Bento pagou viagens para o filho, que amava arqueologia.

Ezequiel morreu de febre tifóide e foi enterrado em Jerusalém com as palavras “tu eras perfeito nos teus caminhos”. Dom Casmurro, como o autor chama o protagonista, apenas conclui que sua maior amiga e seu melhor amigo foram unidos pelo destino e o enganaram.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *