Napoleão Bonaparte – O governo e a queda

Após o Golpe do 18 de Brumário e do Consulado, o governo de Napoleão Bonaparte passou por duas outras etapas:

Império (1804 a 1815)

Em 1804 Napoleão realizou um plebiscito que aprovou com cerca de 60% dos votos a volta do regime monárquico, sendo que Bonaparte foi indicado para ocupar o trono. Neste período de governo, Napoleão obteve notáveis realizações:

Napoleão Bonaparte

Napoleão Bonaparte por Jacques-Louis David

  • Conquista de novos territórios para a França.
  • Formação de alianças com a Áustria, Rússia e Prússia.
  • Divergências políticas com a potência econômica da época, a Inglaterra, que se opunha à política expansionista francesa e o crescente melhoramento de seu exército.
  • Instituição do Bloqueio Continental, medida que visava enfraquecer a Inglaterra economicamente, ameaçando com guerra os países europeus que não fechassem seus portos para o comércio inglês.
  • A Rússia descumpre o Bloqueio Continental e sofre uma invasão francesa. Porém o rigoroso inverno russo somado a seu enorme território vencem o exército francês, que é reduzido a 2% do contingente inicial.

Rumores de um golpe na França fazem Napoleão retornar para Paris, onde ocorre a luta da coligação europeia contra a França e Napoleão é forçado a abdicar do trono (Tratado de Fontainebleau).

Governo dos Cem Dias

Após abdicar o trono Napoleão foi exilado na Ilha de Elba, da qual fugiu um ano depois. No comando de um pequeno exército, conseguiu entrar na França e reconquistar o poder.

Em ataques à Bélgica Napoleão foi derrotado por ingleses e prussianos na Batalha de Waterloo e exilado novamente, na Ilha de Santa Helena em 1815. Bonaparte morreu em 1821 de causa ainda desconhecida, mas supostamente por envenenamento.

Comentários
  1. dayanne candido

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *