Napoleão Bonaparte – O Golpe e o Governo

Ainda no contexto da Revolução Francesa, fato de grande importância da história mundial, sabemos que o jovem general Napoleão Bonaparte, com o apoio da alta burguesia (Girondinos), deu um golpe de estado no qual colocou fim ao Diretório e iniciou uma ditadura na França. O golpe conhecido como Golpe do 18 de Brumário tem este nome por causa da data em que ocorreu (durante a Revolução, os Jacobinos substituíram o antigo calendário, como forma de simbolizar a quebra da ordem antiga e o início de uma nova era. No calendário gregoriano a data do golpe foi 9 de novembro de 1799).

Você pode estar se perguntando porque a alta burguesia, que estava no poder no momento, apoiou um golpe de poder. A questão é que a França encontrava-se mutilada pela Revolução, com uma péssima economia e um ambiente de forte desordem. Ambos os fatores eram desinteressantes para os burgueses, cuja fonte de renda era o comércio. Dessa maneira, um líder que pacificasse o governo e estabilizasse a economia seria muito bem vindo tanto para a burguesia como para o povo.

Muitos historiadores consideram o golpe de Napoleão Bonaparte como o fim da Revolução Francesa, enquanto outros consideram o fato como uma extensão da Revolução.

O governo de Napoleão Bonaparte, chamado também de Era Napoleônica, pode ser dividido em três etapas distintas:

Consulado (1799 a 1804)

Veja as características desta etapa do governo de napoleão:

Napoleão Bonaparte

  • Instalado logo após a queda do Diretório.
  • Caráter republicano e militar.
  • Poder executivo representado por dois cônsules e Napoleão, eleito primeiro cônsul e detentor de maior poder e influência.
  • Censura à imprensa.
  • Forte repressão à oposição do governo.
  • Criação do Banco da França em 1800, seguido de fortalecimento da economia.
  • Elaboração da Concordata entre a Igreja Católica e o Estado (o governo francês poderia confiscar as propriedades da Igreja, mas em troca, deveria amparar o clero).
  • Criação do Código Napoleônico, defendendo interesses  burgueses, como casamento civil (separado do religioso), respeito à propriedade privada, direito à liberdade individual e igualdade de todos perante à lei.

As medidas adotadas por Napoleão agradaram à elite francesa e ele foi rapidamente elevado ao nível de cônsul vitalício, em 1802. (Inicialmente os membros do consulados deveriam ser trocados com certa frequência).

Império (1804 a 1814)

  • Napoleão foi indicado ao trono após um plebiscito que restabeleceu o regime monárquico. Em 2 de Dezembro foi oficializado Napoleão I, na Catedral de Notre Dame.
  • Expansão do Exército Francês, se tornando o mais poderoso da Europa.
  • Tentativa de invasão da Inglaterra em 1805. Mas a França foi derrotada.
  • Tentativa de invasão da Rússia em 1812.
  • Captura de Napoleão em Paris em 6 de Abril de 1814. Foi enviado para a Ilha de Elba e o trono francês foi entregue a Luís XVII.

Governo dos Cem Dias (1815)

  • Napoleão consegue fugir da Ilha de Elba e voltar a França em março de 1815.
  • Se instala no poder obrigando a retirada da família real.
  • Sua permanência no poder durou apenas cem dias.
  • Napoleão foi vencido na Batalha de Waterloo e foi mandado para a Ilha de Santa Helena, onde ficou até sua morte.

Relacionados

Comentários
  1. jadson

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *