Judaísmo

Segundo a tradição, o fundador do judaísmo foi o profeta Abraão e as primeiras normas escritas dessa religião forma ditadas por Deus a Moisés, quando os judeus deixaram o Egito em busca de Canaã, a Terra prometida. Às normas escritas por Moisés (que ficaram conhecidas como o Decálogo), juntaram-se, no decorrer dos séculos, muitos outros “livros sagrados”. Atualmente, os ensinamentos religiosos do judaísmo baseiam-se na Bíblia e no Talmude.

A Bíblia (que ficou sendo o Antigo Testamento dos cristãos) compreende o Pentateuco (Tora), os livros dos Profetas (Neviim) e os livros dos Hagiógrafos (Ketubin).

O Talmude constitui um conjunto de interpretações da Bíblia, contendo uma série de leis para as mais diversas situações e grande quantidade de ensinamentos morais e espirituais. O Talmude compreende o Mishnah e o Gemara. O Mishnah é uma compilação de leis transmitidas oralmente, feita pelo rabino Iehudah Hanassi (200 d.C.). O Gemara é um comentário aos escritos desse rabino. Os rabinos são doutores da lei judaica e a eles cabe dirigir os templos, que são chamados sinagogas, e celebrar as cerimônias religiosas.

As Crenças e Costumes dos Judeus

judaismo

Esta estrela é o símbolo do Judaísmo

Entre as idéias fundamentais que se encontram nesses livros, estão a crença em só Deus (Jeová), e a fé na vinda do Messias, trazendo uma vida nova para a humanidade. Esses livros estabelecem também diversos pontos importantes do judaísmo, entre os quais se salienta a guarda do sábado (Shabat), comemorado como o sétimo dia em que deus descansou, após a criação do mundo. No sábado, é proibido trabalhar e manusear dinheiro. Feriados também são o dia da Páscoa (Pessach), o de Pentecostes (Shavuot), o dia do Tabernáculo (Sucoth) e o dia do Ano Novo, que, segundo o calendário judaico, cai em setembro ou outubro do calendário cristão. Porém, o dia mais sagrado do judaísmo é o dia da Expiação, dez dias depois de seu Ano Novo. Nesse dia, inclusive, os judeus devem se manter em inteiro jejum. Aliás, as proibições alimentares são um aspecto importante, e talvez o mais conhecido entre os outros povos, do Judaísmo.

 

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *