Família Real no Brasil

A vinda da Família Real Portuguesa para o Brasil é sem dúvida um dos temas mais importantes nas provas de história, seja no ENEM, ou nos concursos. E para entender os impactos que esta situação provocou no Brasil devemos primeiro entender os motivos que levaram à mudança da corte para o país recém descoberto.

A então rainha de Portugal, Dª Maria, foi dada como louca e a regência do país e respectivas colônias passou para o seu filho, D. João. Durante este período, Napoleão governava a França e em uma dura tentativa de abalar o domínio comercial da Inglaterra impôs aos países europeus o chamado Bloqueio Continental, que nada mais era do que uma medida que impedia estes países de comprarem mercadorias inglesas sob ameaça de invasão.

Portugal durante muito tempo foi capaz de conter a ira napoleônica com promessas de futura adesão, que acabou não acontecendo devido a pressões inglesas. Neste período a ideia de uma transição da corte para o Brasil já era cogitada, pois desta maneira Portugal deixaria de estar em um espaço geograficamente vulnerável e se veria em uma distância confortável das guerras e distúrbios que ocorriam na Europa. Ao concluir que a promessa de D. João de aderir ao pacto não seria cumprida, Napoleão envia um destacamento a fim de invadir Portugal, cujo povo e corte entram em desespero, uma vez que todas as campanhas de Napoleão eram bem sucedidas e vitoriosas.

corte

A escolta inglesa foi a primeira parte da dívida externa brasileira

Desta maneira, diante de uma ameaça e crescente medo, Portugal fecha um acordo com a Inglaterra, a fim de que essa realizasse a escolta da corte até a sua maior colônia. Ocorrida muito rapidamente e sem todo o planejamento que tal operação exigiria, a transferência da corte foi feita e a chegada da família real teve diversos impactos no Brasil.

Impactos da Chegada da Corte no Brasil

Entenda o que mudou com a chegada da corte portuguesa em terras brasileiras:

  • Abertura dos portos: A primeira medida tomada por D. João ao chegar em solo brasileiro foi abrir os portos brasileiros para o comércio com as nações amigas.
  • Fundação do Banco do Brasil: em 12 de outubro de 1808 D. João cria o banco com objetivo de gerar fundos para manter a Família Real no Brasil.
  • Tratados comerciais com a Inglaterra: Uma das exigências inglesas para escoltar a corte, os novos tratados comerciais diminuíam os impostos alfandegários pagos pela Inglaterra, proibiam a Inquisição e criavam um plano de abolição da escravatura no Brasil.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *