Anita Garibaldi

Ana Maria de Jesus Ribeiro da Silva nasceu na cidade de Laguna (SC), era de família humilde e tradicional. Como era de costume na época, casou-se bem nova, aos 15 anos de idade, com Manuel Duarte de Aguiar. Em 1837 Ana Maria conheceu Giuseppe Garibaldi, um dos principais líderes da Revolução Farroupilha.

Logo se apaixonou por Giuseppe, resolvendo então largar seu casamento, onde não era feliz e viver ao lado do revolucionário italiano. Ana Maria passou a ser conhecida como Anita Garibaldi. Aprendeu a manusear espadas e armas de fogo e as guerras passaram a fazer parte da sua rotina. Nesta época, Laguna era sede do governo da República Juliana, que tomou Santa Catarina.

Anita foi capturada pelas tropas do Império Brasileiro durante a Batalha de Curitibanos. Ela estava grávida do seu primeiro filho. Recebendo a notícia que Giuseppe estava morto, ela pediu que a deixassem procurá-lo entre os corpos. Porém, duvidando da veracidade da notícia, Anita montou em um cavalo e fugiu dos soldados.

anita

Anita Garibaldi

Depois de alguns dias sem alimento, Anita encontrou refúgio com alguns revolucionários. Se encontrou com Garibaldi na cidade de Vacaria, poucos dias depois. Em 1841 o casal apoiou outra revolta, contra o ditador uruguaio Fructuoso Rivera, na cidade de Montevidéu.

No ano de 1847 Anita foi para a Itália, onde preparou uma recepção para Garibaldi, mais uma tropa de mil homens que participariam das guerras de unificação da Itália. Roma era a nova capital da República Romana. Depois desse feito, o casal teve que enfrentar as forças franco-austríacas. Se retiraram então para a Batalha de Gianicolo, acompanhados por, aproximadamente, quatro mil soldados.

Anita e Giuseppe continuaram a sua fuga, mesmo depois da oferta norte-americana de um salvo conduto, na cidade de San Marino. Durante sua quinta gravidez, Anita teve uma grave crise de febre tifoide. Não resistiu à doença e faleceu nas proximidades de Ravenna, em 4 de agosto de 1849.

Giuseppe, perseguido pelos soldados austríacos, nem pôde acompanhar os cortejos fúnebres de sua esposa. Exilado, ficou fora da Itália por dez anos. O corpo de Anita Garibaldi só foi transferido para a colina de Janiculo, localizada na porção ocidental da cidade de Roma, no ano de 1932.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *