Fontes de energia

Em qualquer contexto social, especialmente no modelo capitalista, as fontes de energia são recursos de enorme valor e necessidade para movimentar praticamente toda a estrutura econômica de um país. Sem ela seria impossível ter uma agricultura e indústria de grande porte nem centros urbanos com toda a estrutura que podemos observar hoje.

Existem diversos tipos de fonte de energia, sendo as duas principais:

Petróleo

Petroleo

Em todas as etapas do refino do petróleo há aproveitamento da substância

Sem sombra de dúvidas é a fonte de energia mais utilizada mundialmente e também uma das mais poluentes. As principais vantagens do uso do petróleo são:

  • O grande aproveitamento do material, já que é possível aproveitar-se do material em todos os seus estágios de refinamento.
  • Praticamente toda a indústria automobilística e industrial foi desenvolvida para utilizar o petróleo, o que torna a substituição deste material um processo difícil e demorado.

Já as desvantagens de seu uso também são muitas, e muito graves:

  • Trata-se de uma fonte não renovável, o que significa dizer que eventualmente o petróleo se esgotará e, caso não exista uma fonte secundária já adaptada para indústrias e automóveis, poderá abalar de maneira incalculável a economia mundial e ter um enorme impacto na vida de toda a população mundial.
  • O uso do petróleo representa um grande impacto ambiental, tanto pela poluição causada por sua queima (que gera grande emissão de poluentes na atmosfera) quanto pelos perigos que um vazamento de petróleo no mar pode representar.

Álcool (etanol)

etanol

Demanda por grandes áreas de cultivo é a desvantagem do etanol

Inicialmente o principal substituto para o petróleo, o etanol é uma opção melhor do ponto de vista ambiental mas traz uma grande desvantagem do ponto de vista fundiário. Isso equivale a dizer que, ainda que menos que o petróleo, o álcool derivado da cana, beterraba e milho também emitem poluentes na atmosfera a partir de sua queima. A maior desvantagem da utilização deste processo é a necessidade de grandes áreas para cultivo, o que pode gerar implicações tanto sociais (necessidade de terras em alguns casos já habitadas) quanto econômicas, já que para a utilização do etanol é necessária uma adaptação das indústrias para esta fonte de energia.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *