BRIC – Economias Emergentes

A sigla BRIC se refere às iniciais dos países que formam a elite das economias emergentes, que devem ocupar posição de destaque em um futuro próximo: Brasil, Rússia, Índia e China.

A sigla foi criada em 2001 por um grupo de pesquisadores do banco americano Goldman Sachs, que estudou os processos que devem transformar a ordem econômica mundial nas próximas décadas.

“Em breve o mundo será muito diferente do que conhecemos hoje. Os rumos dos negócios cada vez mais dependerão do sucesso ou do fracasso desses quatro países” (Jim O’Neill, diretor de pesquisas econômicas do Goldman Sachs).

De acordo com os analistas da Goldman Sachs, esses países devem figurar no topo do ranking das maiores economias do planeta, no decorrer das próximas décadas. Para tal afirmação os pesquisadores se basearam na evolução dos mercados, produção econômica e demografia desses países.

Segundo essas previsões, Brasil, Rússia Índia e China devem desbancar potências atuais, como Alemanha e Japão, até o ano de 2050. Os analistas afirmam ainda que a China deve ultrapassar os Estados Unidos, se tornando a maior potência econômica do planeta. Se essas perspectivas se confirmarem, os países do BRIC estarão entre as 7 maiores economias mundiais.

Acompanhe o gráfico sobre a previsão de crescimento do PIB nas próximas décadas, de acordo com os analistas do Goldman Sachs:

Crescimento Econômico

Maiores economias do mundo em 2050 FONTE: Wikipedia

Alguns fatores contribuem para a expansão econômica dos países do BRIC, mas alguns problemas podem atrapalhar o crescimento de cada um deles. Veja as vantagens e desvantagens da economia desses países.

Brasil

Vantagens:

  • Pode se tornar o maior fornecedor mundial de produtos agrícolas;
  • Possui grandes reservas minerais;
  • Conta com um parque industrial diversificado.

Desvantagens:

  • Educação deficitária;
  • Alta carga tributária e informalidade presente em diversos setores;
  • Falta de infra-estrutura.

Rússia

Vantagens:

  • É abundante em reservas de petróleo e gás natural;
  • População com alto nível educacional;
  • Carga tributária baixa.

Desvantagens:

  • Tem altos índices de criminalidade e corrupção;
  • População envelhecida, com média de idade alta e baixo índice de natalidade.

Índia

Vantagens:

  • Realiza avanços tecnológicos, como no setor de informática;
  • Formação de uma elite atuante e com boa educação;
  • População em crescimento, com grande quantidade de jovens.

Desvantagens:

  • Organização social em castas;
  • Conflitos étnicos e religiosos;
  • Infra-estrutura precária.

China

Vantagens:

  • Alto investimento em infra-estrutura e educação;
  • Grande capacidade industrial;
  • Potencial para se tornar o maior mercado consumidor do globo.

Desvantagens:

  • Governo político ditatorial;
  • População tende a envelhecer rapidamente;
  • Grande devastação ambiental provocada pelo progresso.

Observação: Em 2011 a África do Sul também entrou na lista de países com economias emergentes, e foi acrescentado um “S” à sigla, que passou a ser chamado de BRICS (o “S” vem do nome do país em Inglês: South Africa).

Atualmente, esses 5 países formam o grupo dos países que mais crescem no mundo, e juntos detêm mais de 21% do PIB mundial.

Comentários
  1. Flávio da Silva

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *