Energia

Quando alguém empurra um objeto, está gastando a energia produzida por seus músculos, sem a qual esse trabalho não poderia ser feito. Nenhum movimento, nenhuma transformação, nem a própria vida animal e vegetal seriam possíveis sem energia.

Há dois tipos básicos de energia. A potencial, ou de posição, existe em forma latente. Quando o peso que faz funcionar um relógio de parede está puxado para cima, pronto para exercer a força que fará rodar o mecanismo, ele tem energia potencial. Ela se transforma em cinética, que é energia de movimento, na medida em que o peso desce. A energia cinética varia com a velocidade: por isso, quanto maior a altura de que um corpo cai, maior é a velocidade com que chega ao chão e, portanto, mais energia cinética ele tem nesse momento.

energia

Conheça os vários tipos e formas de energia

Formas de Energia

A energia existe sob várias formas: calorífica, elétrica, química, sonora, radiante e nuclear. Cada uma dessas formas pode ser transformada em outra. A energia química da gasolina transforma-se em calorífica no cilindro do motor de um automóvel; esta, ao mover o pistão, vira energia cinética; no gerador, muda-se em energia elétrica; nos faróis, em radiante; na buzina, em sonora. Em cada uma dessas etapas um pouco de energia se transforma em calor por causa do atrito das peças móveis ou da radiação das luzes. Quando esse calor não se aproveita, é considerado “energia perdida”. Na verdade, a energia nunca se perde, sempre se transforma.

A maioria das formas de energia provém da fusão nuclear que ocorre nas estrelas. Quase toda a energia que há na Terra vem do Sol, em forma de radiação. O vento não existiria se os raios solares, aquecendo desigualmente a atmosfera, não causassem o deslocamento do ar. Os rios que movem os geradores hidrelétricos são constantemente renovados porque o Sol evapora a água de todos os lugares e ela é devolvida em forma de chuva, que corre para os rios.

Quando alguém fala, gera energia sonora, que deriva da muscular. E esta provém da energia química do corpo, obtida dos alimentos. A dos elementos vem, em última análise, dos vegetais, que a retiram dos raios solares. O mesmo acontece com os minerais energéticos. O carvão e o petróleo provêm de plantas e organismos microscópicos que em certas condições foram mineralizados.

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *