Aceleração

Para entender o que é aceleração, comece observando o exemplo abaixo:

Em certo instante, o motorista de um automóvel que estava parada dá uma arrancada. Ao fim de 4 segundos, o velocímetro indica 40 quilômetros por hora. A velocidade variou, portanto, de 0 para 40 quilômetros por hora, em 4 segundos. Isso significa que ele acelerou 10 quilômetros por hora por segundo. Um outro automóvel, que demora 5 segundos para atingir essa velocidade, tem aceleração igual a 8 quilômetros por segundo; portanto, sua aceleração é menor que a do primeiro carro.

carro

Entenda como é calculada a aceleração de um carro

A aceleração indica a rapidez com que a velocidade varia. Um automóvel que mantém velocidade constante tem aceleração nula. Caso a velocidade aumente, a aceleração será positiva; se diminuir, será negativa.

Quando os objetos caem, sua velocidade vai aumentando gradativamente. Assim, esses objetos também são acelerados. Atraídos pela gravidade (força de atração da terra), eles sofrem aceleração constante. Ao nível do mar, por exemplo, essa aceleração vale 9,0 metros por segundo por segundo, isto é, em cada segundo, a velocidade aumenta de 9,8 metros por segundo.

O cientista italiano Galileu foi quem primeiro provou, no século XVI, que todos os corpos sofrem a mesma aceleração na queda. Isso significa que objetos de de diferentes massas, abandonadas do alto de um edifício, teriam igual variação de velocidade. E portanto chegariam ao mesmo tempo ao solo.

Mas isso só é verdadeiro no vácuo, onde a resistência do ar não interfere na queda dos corpos. Por exemplo: no vácuo, tanto uma almofada de plumas como uma bola de chumbo caem exatamente com a mesma aceleração. Fora do vácuo, no entanto, a bola de chumbo cai com maior rapidez, pois sofre menor resistência do ar que a almofada.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *