Reprodução

A capacidade de reprodução é uma característica dos seres vivos: animais e vegetais. De modo geral, a reprodução pode ser sexuada ou assexuada.

Entre os vegetais, a reprodução sexuada ocorre quando há células germinativas masculinas e femininas que se unem para formar o ovo ou zigoto, enquanto a reprodução assexuada pode ocorrer em vários modelos. Um deles é o da bipartição, em que o indivíduo se divide em dois seres iguais. Quando o indivíduo produz uma célula menor, que se isola e se desenvolve, a reprodução o nome de “brotação“. Há também o caso da esporulação, em que o vegetal libera células germinativas assexuadas, que se desenvolvem e formam outro organismo.

Nos animais, a reprodução por bipartição e por esporulação ocorre entre os protozoários e por brotação em alguns metazoários, como as esponjas. A reprodução por gametas é a regra entre os animais.

Sistema reprodutor Masculino

fecundacao

Esquema mostrando o momento da fecundação

No homem, os testículos são os órgãos responsáveis pela reprodução das células germinativas masculinas chamadas espermatozoides. Nas células germinativas há os cromossomos, elementos que determinam as características individuais do novo ser e responsáveis pelo sexo do novo indivíduo: dois cromossomos X geram um indivíduo do sexo feminino, enquanto um cromossomo X e um Y geram um indivíduo do sexo masculino. Cada espermatozoide possui apenas um tipo de cromossomo, X ou Y.

Sistema Reprodutor Feminino

Na mulher, os ovários são os órgãos responsáveis pela produção das células germinativas femininas, chamadas óvulos. Estes possuem apenas o cromossomo sexual feminino, X. O organismo da mulher libera somente um óvulo por mês e, embora numa ejaculação possa haver até 300 milhões de espermatozoides, apenas um deles fecundará o óvulo. Em geral, nos animais, a fecundação ocorre no interior do órgão feminino, mas nos peixes e anfíbios ela ocorre externamente.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *