Divisão Celular – Mitose

A divisão celular é o processo através do qual uma célula se divide para gerar outras células, que conservarão a carga genética da chamada célula-mãe, que é a célula que deu origem às outras. Uma das importâncias deste processo é a formação de gametas e esporos, os quais poderão originar organismos pluricelulares (com mais de uma célula). A divisão celular também é importante para a reconstrução de tecidos, como a reconstrução da pele após sofrer uma lesão, ou repor célula sanguíneas que foram perdidas.

As células podem se dividir por mitose (em duas) ou meiose (em quatro), sendo que cada uma dessas divisões tem algumas etapas. Vejam só as etapas da mitose:

Mitose

É o processo de divisão adotado pelas células eucariontes, onde a distribuição dos cromossomos e conteúdos citoplasmáticos é feita de maneira equivalente entre as duas células-filhas. Este é o processo responsável pela proliferação dos seres unicelulares (uma única célula) e pelo crescimento dos pluricelulares (mais de uma célula), uma vez que aumenta o número de células. A mitose ocorre em nosso corpo desde o primeiro momento de vida, ainda como fetos, e continua a acontecer até a morte. É através da mitose que a pele se reconstitui após um acidente, ou que as células sanguíneas são repostas.

Antes de iniciar a mitose, ocorre a duplicação do material genético nas células. Esse processo é chamado de Intérfase. Somente depois de ocorrer esta duplicação começa a divisão celular.

A mitose é feita nas seguintes etapas:

Etapas da Mitose

Prófase

É a primeira fase da mitose, onde os cromossomos se condensam, os nucléolos desaparecem e a carioteca é desfeita, o que faz com que os componentes nucleares sejam dispersados no citoplasma. Ocorre também a duplicação do centríolo e a migração deles para os polos opostos da célula, formando microtúbulos.

Metáfase

Na segunda fase, acontece a máxima condensação dos cromossomos. A desagregação da carioteca faz com que sejam liberados estes cromossomos. Alguns microtúbulos que partem dos centrossomos “agarram” os cromossomos pelo cinetócoro, que é uma estrutura presente na região do centrômero.

Anáfase

Esta é a etapa em que as cromátides irmãs se separam, devido à tensão exercida pelos microtúbulos que as ligavam a polos opostos, migrando cada cromátide irmã em direção aos polos opostos, em razão do encurtamento dos microtúbulos por causa da retirada de tubulinas.

Telófase

Esta é a última etapa, onde os cromossomos se descondensam em extremidades opostas e surge uma nova carioteca ao redor de cada um dos conjuntos cromossômicos resultantes, finalizando a criação de uma nova célula.

Veja este vídeo que ilustra todo o processo e facilita o entendimento da mitose:

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário completo no fim do artigo!

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *