Aposematismo

Este nome estranho é usado para indicar a capacidade que alguns animais têm de espantarem seus predadores através do uso das cores fortes no corpo. O aposematismo é uma característica adaptativa, que é usada também por alguns vegetais. As cores fortes indicam que o animal é venenoso, ou pode expelir algum tipo de substância nociva ao seu predador. Sabendo disso, seus predadores desistem de capturar este tipo de presa.

As cores mais comuns usadas por esses animais são a vermelha, a amarela, a verde, a azul e a preta juntamente ao branco. Estas cores podem ser únicas em seu corpo, ou podem estar combinadas, fazendo com o animal ou vegetal fique bem colorido.

Estas presas raramente são atacadas por seus predadores, que já sabem o perigo de ingerir estes animais. Normalmente eles evitam este tipo de presa, e quando atacam, acabam tendo que regurgitá-los.

Exemplo de Aposematismo

aposimatismo

A cobra-coral é um exemplo de aposematismo

A cobra-coral verdadeira (Gênero Micrurus) é um dos principais exemplos de aposematismo. Com suas cores fortes (vermelho, preto e branco), ela espanta seus predadores, que reconhecem ali o perigo de animal peçonhento, e não atacam esta presa. A cobra-coral falsa aproveita desta característica para espantar seus predadores, imitando as cores da cobra verdadeira, através do mimetismo.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *